terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Herchcovitch by Herchcovitch

No dia 21 de Julho de 1971, nasceu na capital paulistana Alexandre Herchcovitch. Sua mãe, Regina Herchcovitch, começou a lhe passar noções básicas de modelagem e costura, a pedido de Alexandre, que começou a pôr em prática os ensinamentos. Os modelitos que ele produzia eram usados pela mãe em festas, o que o incentivou a vender suas criações a amigos. Em 1993, aos 22 anos formou-se em Moda pela Universidade Santa Marcelina, e obteve sucesso em seu desfile de formatura. Administra suas grifes, é diretor-artístico do curso de Design de Moda do SENAC, e publicou o livro Cartas a um Jovem Estilista: a Moda como Profissão.
Em 1993, aos 22 anos, Herchcovitch concluiu a faculdade de Moda e obteve sucesso em seu desfile de formatura. Além da moda, o estilista atua como DJ, junto de Johnny Luxo, em diversas festas no Brasil, tocando hits dos anos 80 e 90. Fez pequenas aparições na TV, como uma pequena participação na novela da TV Globo “Desejos de Mulher”, em 2002.

Confira a entrevista de Herchcovitch para a Revista Época

O quê e quem você acha chique?
Chique é poder se vestir sem pensar no que os outros vão pensar. Para mim, o conceito de estar bem vestido está intimamente ligado a vestir-se de acordo com seu gosto pessoal. Quem se veste de acordo com o que gosta está bem vestido.

O que é ser elegante?
É ter educação. 

Por que o mundo da moda é tão cruel com quem está acima do peso? 
Cada marca pensa num público-alvo e cada marca tem uma vocação, não se pode generalizar. Eu, por exemplo, faria uma coleção normal e colocaria algumas peças com números maiores. 
  
Você acha importante que o estilista crie uma marca ligada à própria personalidade?
Se o estilista escolheu colocar na marca seu próprio nome, espera-se ver um pouco de sua personalidade nas criações. Nas minhas, exponho minha coragem e minha dedicação. Procuro pôr em prática tudo aquilo que imagino. Não deixo nada para trás. Acho que todas as minhas criações são corajosas. Sempre vou contra a maré e não me prendo às tendências. Assumo esse risco.  

Como é seu processo para a criação de uma peça ou de uma coleção?
Pensa-se num tema, extraem-se cores de cartela, formas, tecidos, e assim por diante. Mas, normalmente, sou bastante livre para inverter ordens, se isso for conveniente. Não tenho um método rígido. 

Você tem sucesso, dinheiro e fama. O que busca agora na vida?
Paz e tranqüilidade. 
 
Nossa, sou fã do Herchcovitch, seus desfiles, suas criações... acho ele incrível! E aí, o que acham?

6 comentários:

  1. QUE SUSTO! Pensei que você o tinha entrevistado :D
    Realmente ele é incrível!

    beijo

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente não, ainda não... rs Um dia eu chego lá!

    xx

    ResponderExcluir
  3. Ele é ma-ra-vi-lho-so e lindo! Também levei o mesmo susto que a Marina, hahaha!

    Beijo, Neto!
    (DOMMAS)

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo Blog , estou seguindo
    bgs

    ResponderExcluir
  5. Alexandre, Francisco Costa da Calvin Klein e Carlos Miele. Representam muito bem a nossa moda :)

    Ótima entrevista.

    ResponderExcluir
  6. Eu sou fã dele.
    Adoro a epoca das caveirinhas coloridas dele!!
    Tenho uma gravata dele e sempre uso!!!

    www.rodolphosandes.blogspot.com

    ResponderExcluir